Gado leiteiro

Phileo dash

Suplementar as dietas com probióticos e ingredientes ativos, derivados da fermentação, melhora a função saudável do rúmen de vacas leiteiras, auxiliando o seu microbioma a obter maior produtividade e longevidade, e também melhorando o bem-estar animal. Nossas soluções e programas aumentam a produção de leite e sua qualidade durante o ciclo de lactação, pois possibilitam uma melhor utilização dos nutrientes. Como resultado, ajudamos a garantir que as fazendas de leite sejam lucrativas e sustentáveis.

bovinos leiteiros
ração e acidose em vacas leiteiras

Abordagem de doenças do rúmen para melhorar a produção de leite

Phileo dash

Doenças do rúmen são frequentes e onerosas. Elas têm diversas origens e consequências severas, especialmente no início da lactação. A acidose ruminal é a principal doença ruminal do setor, causando perdas significativas na produção de leite e possivelmente levando a aumentos nas mortes das vacas.

 

O tipo mais comum de acidose ruminal é a acidose sub-aguda, SARA, responsável por baixas taxas de conversão alimentar, menores rendimentos de leite, supressões da gordura do leite e perdas econômicas. Como é uma condição difícil de diagnosticar a campo, uma diminuição da gordura do leite pode normalmente ser um indicador de SARA.

 

Promover uma boa saúde ruminal e prevenir a acidose ruminal constituem uma parte crítica do manejo diário dos rebanhos em fazendas bem-sucedidas e rentáveis.

Redução de doenças metabólicas para melhor produtividade e sustentabilidade nas fazendas de leite

Phileo dash

Vacas leiteiras de alta produção estão constantemente expostas a desafios metabólicos, ambientais e nutricionais induzidos pelo parto, alta produção, mudanças na dieta e aquecimento global. Produzir grandes quantidades de leite exige que as vacas absorvam uma alta quantidade de energia. Porém, durante períodos de estresse, como o parto, estresse por calor e desafio com doenças, as vacas têm uma capacidade reduzida de consumo alimentar e não conseguem satisfazer seus requisitos de energia. Elas passam por um equilíbrio energético negativo, levando a doenças metabólicas, conhecidas como cetose.

 

Prestar atenção especial a períodos críticos, como transição e estresse por calor, é essencial para obter a melhor produtividade, fertilidade e longevidade nas vacas leiteiras.

inflamação e intestino permeável em vacas leiteiras

Desafios metabólicos durante o período de transição

Consumo alimentar em vacas leiteiras

Melhora da degradação das fibras no rúmen para melhor produção e qualidade do leite

Phileo dash

O rendimento de leite por vaca está cada vez mais aumentando, tendo dobrado nos últimos 40 anos devido a melhorias genéticas e estratégias de manejo e alimentação. Também existe um aumento constante dos custos da ração, exigindo que o setor leiteiro implemente estratégias inovadoras nutricionais e de saúde para melhorar ainda mais as taxas de conversão alimentar.

 

É possível, através de um manejo da saúde ruminal adequado, focar na criação de um equilíbrio melhor do microbioma ruminal, pela suplementação de dietas com o probiótico de levedura Actisaf® Sc 47. Melhorar a degradação das fibras no rúmen não só fornece mais energia para produção de leite, mas também fornece AGVs importantes para melhorar a síntese da gordura do leite na glândula mamária.

Linha inovadora para vacas leiteiras

Seus programas para vacas leiteiras

Lucro do leite de vacas leiteiras
Programa de estresse por calor em vacas leiteiras

Saiba mais sobre manejo de gado de leite

imunidade em vacas leiteiras
saúde do rúmen
Distúrbios metabólicos em vacas leiteiras
qualidade do leite

Artigos relacionados a gado de leite

Sorry, no posts matched your criteria.